Blog da BR France

Chegou de viagem? Entenda por que é importante revisar as peças do seu veículo

Antes de fazer uma viagem, uma atitude indispensável a ser tomada está relacionada à segurança: a revisão do carro. Esta é uma ação importante a ser feita e que garante que o veículo fique em condições de rodar muitos quilômetros, rumo à diversão. Porém, um fato, pouco conhecido entre os motoristas, é de que o carro deve passar por outra vistoria das peças depois da viagem. Sim, as peças do carro devem ser avaliadas novamente, para evitar transtornos e garantir que o veículo está em bom estado para rodar, também, na cidade.

Neste artigo, vamos citar o que é relevante avaliar e o motivo pelo qual esse tipo de revisão é muito importante. Quer saber mais? Continue a leitura!

Verificar possíveis danos causados na viagem

A revisão do carro pós-férias é importante, pois, após enfrentar estradas com possíveis buracos, chuva e desníveis, o veículo pode apresentar a necessidade de realização de alguns reparos ou até a troca de algumas peças. Se a revisão foi feita antes de viajar e tudo estava OK, ótimo! Porém, é sempre preciso verificar se alguma peça do carro sofreu algum tipo de avaria durante a viagem, evitando problemas futuros.

Avaliar os pneus

O excesso de bagagem no carro pode ajudar a desgastar os pneus mais facilmente. Ao voltar de viagem, é importante verificar se a calibragem dos pneus está correta, pois este número costuma mudar no caso de um carro com carga em comparação com um sem carga.

Analise, também, a possibilidade de realizar um alinhamento e balanceamento dos mesmos: estes dois processos são necessários para manter a estabilidade do veículo e para que as respostas às frenagens continuem rápidas. Outro ponto que deve receber atenção é a altura da banda de rodagem, a parte do pneu que entra em contato direto com o solo. Se a medição apontar menos de 1,6 mm de altura, é hora de providenciar a troca.

Lembrar dos efeitos da maresia

Depois de uma viajem para o litoral, o veículo pode apresentar certos problemas devido à ação da maresia atuando sobre os seus componentes. As gotículas de água salgada e a alta incidência de areia podem ficar no veículo e causar problemas em amortecedores, nas pastilhas de freio e nas mangueiras de óleo. Ao chegar de regiões litorâneas, é sempre indicado lavar o veículo e levá-lo a uma oficina de confiança para checar uma possível oxidação de algumas peças.

Revisar os itens de segurança do veículo

Depois de voltar da viagem, é preciso verificar também o funcionamento de todos os itens que envolvem a segurança do automóvel. Filtros, amortecedores, parte elétrica e outros itens obrigatórios do veículo como chave de roda, triângulo e macaco devem ter suas condições de uso devidamente vistoriadas para garantir a segurança dos usuários nas estradas.

Checar Bateria e luzes

Ao voltar da viagem, verifique o estado da bateria do seu veículo, assim como o funcionamento de todas as luzes, uma vez que, uma lanterna queimada pode acarretar em multa, além de comprometer seriamente a segurança do motorista e de seus passageiros, seja circulando pelas rodovias ou pela cidade.

Pouco conhecida, a revisão do carro após uma viagem é altamente recomendada. Verificar a condição do veículo é sempre uma boa pedida, pois, não importa onde ele esteja rodando, estar certo de que o automóvel está em bom estado, já é um grande passo para garantir a segurança de todos os que estão no veículo e também de outras pessoas trafegando em nossas estradas.

E você? Costuma fazer uma revisão depois que chega de viagem? Conte para nós nos comentários e curta nossa página no Facebook!

Fim das férias, pegar a malas e dirigir de volta pra casa. Será que as tarefas acabam aí? Leia o post e entenda por que seu carro vai precisar de atenção por mais um momento.

Apesar de poucos saberem, é altamente recomendado revisar o carro após uma viagem. Você costuma fazer isso? Descubra a relevância dessa atitude para sua segurança!

Revisão do carro antes de pegar a estrada, já é um ritual para quem curte as férias com segurança. Mas, por que não fazer o mesmo ao finalizar a viagem?