Blog da BR France

Uso do cinto de segurança no banco de trás: entenda sua importância

Você usa cinto de segurança no banco de trás? Sabe o que significa para a sua segurança o correto uso desse acessório? Se sua resposta foi sim, excelente, você está no caminho certo! Mas, saiba que muita gente ainda não dá valor a essa proteção, que é responsável por salvar muitas vidas em acidentes automobilísticos!

 

Uma pesquisa realizada pela Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP), concluiu que no interior de São Paulo o cinto de segurança é pouco usado. De acordo com a pesquisa, 60% dos passageiros que viajam no banco traseiro não utilizam o acessório. Na verdade, o estudo indica a falsa impressão de segurança que as pessoas têm em relação ao banco de trás dos veículos.

Vale lembrar que o não uso do acessório é considerado infração grave, o motorista é multado e ganha cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação, além de estar sujeito a outras medidas administrativas.

Medidas que devem ser tomadas quando no veículo não houver cinto de segurança

Quando você viajar em veículo de amigo e o cinto não se encontrar instalado adequadamente no banco traseiro, peça para que ele espere um instante para que você instale o acessório, se não souber peça a ele que te ajude.

Da mesma forma, quando for pegar um táxi verifique se todos os mecanismos de segurança estão em ordem, como o encosto de cabeça e o cinto de três pontos. O correto é seguir viagem só após essa verificação e se não estiver tudo em ordem, descarte e pegue outro táxi, procedendo da mesma forma.

Cuidados do motorista com seus passageiros

O motorista do carro é o responsável pelo bem-estar e segurança dos passageiros. Ao entrar no carro deve colocar seu cinto de segurança e pedir para que todos que estiverem dentro do veículo usem também o acessório.

Mesmo que o trajeto seja curto e aparentemente seguro o uso do acessório deve ser obrigatório, por mais incômodo que ele possa parecer. Lembre-se sempre que ele pode salvar sua vida em situações inesperadas.

Tenha atenção especial com as crianças, dependendo da idade elas precisam usar uma cadeirinha especial (reversível ou booster) e você precisa adaptar o cinto para elas. Já os bebês precisam ser posicionados no sentido contrário ao trânsito em um bebê conforto.

Os animais de estimação merecem também atenção quando forem passear no carro, existem equipamentos específicos para eles. Ou seja, se você for levá-los no carro atente-se a esses cuidados.

Não usar cinto de segurança é perigoso para todos

Para que você tenha uma ideia, se um veículo estiver a 60 km por hora e colidir, o passageiro que esteja no banco de trás e sem cinto, pesando cerca de 60 kg é arremessado a um peso 15 vezes maior que o seu.

A pessoa pode ser lançada em duas direções para cima e para frente, podendo bater com a cabeça no teto e correr sérios riscos de comprometimento da coluna cervical e até de morte. Quando lançado para frente pode causar, além de sua morte, a morte do motorista ou do passageiro que estiver no banco ao lado do motorista.

O carro, quando usado de forma correta, com todos os cuidados e seguindo as normas de segurança e de trânsito só pode ser motivo de prazer. Ele pode lhe proporcionar viagens belas e seguras. Por isso, cuide sempre para que as pessoas dentro do seu veículo estejam usando seus devidos cintos de segurança, dessa forma, você garantirá trajetos perfeitos! Não deixe de ler nosso artigo “Como regular o cinto de segurança de maneira apropriada para o seu tamanho?”