Blog da BR France

Veja quais acessórios de carro são permitidos e quais são proibidos no Brasil

Personalizar um carro não é um costume apenas dos amantes automotivos. Muitas pessoas que veem o carro apenas como um meio de transporte também optam pela personalização à procura de maior conforto, segurança, ou apenas uma mudança em um detalhe estético.
O problema é que muitos acessórios, alguns bem comuns e aparentemente inofensivos, são proibidos. Veja alguns deles e evite entrar em uma fria.

Película de vidro

Popularizada recentemente e conhecida também como insulfilm, a película de vidro tornou-se item presente em grande parte dos carros com a finalidade de escurecer os vidros.

Mas o que poucos sabem é que existem restrições para a sua utilização. A resolução 254/07 do CONTRAN determina porcentagens de transparência mínima para todos os vidros, ou seja, a incidência solar deve ser de no mínimo 75% no para-brisa, 70% nos vidros laterais ao passageiro e 28% para os vidros traseiros.

É vetada a utilização de películas reflexivas e é importante que um selo padronizado pelo Inmetro, informando a porcentagem de transparência, seja aplicado à película. Trafegar com películas fora do estabelecido gera multa grave de R$ 127,69, além de 5 pontos na carteira e retenção do veículo.

Faróis Xênon

Sabe aqueles faróis em tonalidade azul ou super brancas que alguns carros usam, que ofuscam a sua visão? Normalmente são os faróis Xênon. Eles são proibidos, pois apresentam uma luminosidade até 3 vezes maior que lâmpadas de halogêneos comuns, utilizadas na maior parte dos veículos.

Utilizar faróis Xênon, assim como a película muito escura, é multa grave. O uso desse acessório é permitido somente para veículos que o possuem direto de fábrica, sendo proibida a sua adaptação.

Modificações mecânicas

Modificar o seu carro instalando suspensões esportivas rebaixando o veículo, adicionar turbo ou qualquer outra modificação mecânica não é permitido. O principal motivo da proibição é que essa prática coloca o motorista e passageiros, além de demais veículos, em perigo devido à possibilidade de quebra, caso a modificação não tenha sido bem executada.

No entanto, a modificação pode ser regularizada junto ao DETRAN, pedindo a sua autorização previamente. Dessa forma, a modificação irá constar no documento do carro após o procedimento padrão exigido pelo órgão.

Central multimídia

Outro item que tem popularizado é a central multimídia, ou mesmo o DVD no carro. A central multimídia agrega diversas funções em uma tela de LCD ou LED fixada ao painel do carro, dependendo da sua tecnologia. A central ou o DVD em si não é ilegal, o que a legislação proíbe é o uso de imagens na tela como filmes, clipes de música ou televisão, por exemplo, com o carro em movimento, pois pode tirar a atenção do condutor. Somente o GPS é permitido.

Com o carro estacionado, no entanto, não há problema algum, desde que o carro possua um sistema que ao liberar o freio de estacionamento, a imagem seja automaticamente interrompida. Na parte de trás do carro, não há problemas com a imagem.

Trafegar com imagem em exibição em frente ao motorista e passageiro é multa grave, com 5 pontos na carteira e R$127,69.

Rodas esportivas

A primeira modificação visual em um veículo normalmente se concentra nas rodas. Com a moda do tunning, trocar as rodas originais por rodas esportivas maiores virou “hit” para quem deseja um novo design.

A legislação brasileira permite que a alteração seja feita desde que as novas rodas mantenham o diâmetro original (soma entre roda e pneus), ou seja, se você quiser uma roda de diâmetro maior, terá que compensar diminuindo o perfil do pneu, mantendo o diâmetro total idêntico ao conjunto original do seu veículo.

Outra exigência é que a roda não deve extrapolar os limites externos do para-lama.

Portanto, antes de realizar qualquer modificação no carro, você deve consultar profissionais e órgãos responsáveis. Lembre-se de que algumas alterações podem invalidar a garantia do veículo, por isso consulte o seu concessionário antes de fazer qualquer coisa e dê preferência a acessórios originais.

E você, está pensando em adquirir algum desses acessórios? Agora você já sabe como funcionam as regras, estude bem qualquer modificação e evite transtornos indesejados!